CASA DE ZULEIKA - espaço contemporâneo é um projeto idealizado e realizado de forma independente pela artista paulistana Estela Lapponi.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Transformar minha casa em, também, espaço contemporâneo de arte nasce dos desejos de emancipação artística e de criar no mercado das artes contemporâneas diferentes possibilidades de encontro com o público."

 

O nome ZULEIKA se refere ao contêiner/símbolo (óculos na foto abaixo) da investigação cênica, visual e conceitual Corpo Intruso de autoria da artista.

Neste sentido, a artista brinca com a potência e as possibilidades do termo Corpo Intruso, no que diz respeito ao hibridismo do espaço:

 - público/privado; 

 - casa/estúdio; 

 - apresentação/ensaio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O projeto  de reforma arquitetônica da CASA DE ZULEIKA foi lançado na primavera de 2013 com o evento INTENTOS ANTIMUSA, em endereço provisório.

Em 2014, a CASA já em seu endereço atual,  abriu suas portas com o  projeto - ode à OBRA , que teve 4 Edições durante o ano e acolheu diferentes atividades artísticas (performances; instalações visuais; exposição de fotografia e pintura; música e residência artística) de diversos artistas independentes. A curadoria do espaço se ateve às possibilidades arquitetônicas, naquele momento,  da casa.

 

Em 2015, a CASA  precisou dar um tempo das atividades artísticas in loco por conta de reformas de melhorias das instalações do sobrado e passa a atuar em parceria com o Palacete Carmelita, onde realiza três projetos:

 - MEMÓRIAS NO PALACETE - uma ocupação de instalações audiovisuais com histórias reais e inventadas nos diversos cômodos do Palacete.

 - SEGUNDA DA PERFORMANCE: programação mensal de performance 

 - NARRATIVAS VISUAIS DE COTIDIANOS BANAIS: projeto contemplado pelo PROAC Artes Integradas que abarcou atividades de formação em: escrita criativa, improvisação em dança e apresentações da performance "Narrativas Visuais de Cotidianos Banais".

No início de 2016 tendo realizado uma pequena reforma de melhoria, a CASA DE ZULEIKA volta ao seu endereço atual e realiza a finalização do projeto "Narrativas Visuais de Cotidianos Banais" com exposição dos desenhos e escritas criados pelo público a partir da performance; 

apresentação musical do projeto Circuito de Improvisação Livre de Thiago Salas Gomes, performance - Guardanapos Poéticos de Daniel Viana;

lançamento do livro digital do projeto com desenhos criados pelo público a partir da performance e apresentação da performance do projeto.

 

Em seguida a este evento, adapta o projeto de reforma às condições financeiras atuais e dá início à grande reforma de adequação e acessibilização arquitetônica da parte térrea do sobrado que é a CASA DE ZULEIKA, portanto a parte pública da casa.

A reforma durou 8 meses e finalizou em setembro de 2016 e Estela precisou de um tempo para se adequar à nova estrutura da casa e se recuperar da empreitada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A CASA DE ZULEIKA junto à primavera de 2017  reabre suas portas para receber a performer Luanah Cruz, que fará uma ocupação com seu projeto A EXPERIÊNCIA DA VIDA É A PERGUNTA 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A missão da CASA DE ZULEIKA:

- fomentar a arte contemporânea através da criação, formação e apresentação;

- formação de público da arte contemporânea;

- estabelecer novas relações com o público;

promover intercâmbios artísticos através de residência artística;

- combinar ações formativas às ações de criação;

- tornar visível e estimular o protagonismo de artistas com deficiência.

 

Atividades culturais pretendidas na CASA DE ZULEIKA:

- apresentações de perfomance (artistas independentes com e sem deficiência)

- exposições de artes visuais (artistas com e sem deficiência)

- cursos teóricos e práticos relacionados à arte e meio ambiente

- residência artística tanto com artistas nacionais quanto internacionais (artistas com e sem deficiência)

CASA DE ZULEIKA quer promover encontros entre artistas, obras e público de maneira desierarquizada em um ambiente aconchegante e informal.

A capacidade da casa é de até 30 pessoas.

 

.

  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Clean
  • Flickr Clean