Cynthia Domenico

 

De uma forma sensível e autoral cria em suas obras relatos metafóricos do seu cotidiano.

Com um olhar aguçado para as aflições da contemporaneidade, apresenta-se para o mundo como um bufão que denuncia como duvidoso aquilo que parece inabalável. 

http://cynthiadomenico.com/Cynthia_Domenico/home.html

Vitor Vieira 

 

Ator, bailarino e artista visual tem construído sua trajetória junto a grupos como Tablado de Arruar (teatro) e Núcleo de Improvisação (dança). Na fotografia, seu olhar busca a desestabilização do gesto que deflagra portanto novas camadas da imagem.

 www.fotosuspensa.wix.com/vitorvieira

Coletivo Transverso

 

Criado em 2011, em Brasília, com a proposta de realizar intervenções poéticas autorais no espaço público.

De lá pra cá já foram mais de 500 intervenções urbanas, em mais de 20 cidades e alguns países.

As técnicas mais utilizadas são o stencil, o lambe-lambe e a projeção.

www.facebook.com/coletivotransverso

Ana Dupas

 

Amiga de Charlotte Gainsbourg, Ana Dupas é atriz, manequim e disco-dancer no Como clube.

Já contracenou com Gisele Bündchen em um filme publicitário para a marca de escova de dentes Oral B que nunca foi ao ar.

Por conta de uma grave lesão na coluna lombar, foi estudar Eutonia e nunca voltou.

Vive em Moravia.

http://www.jardimequatorial.info/artistas/ana-dupas/

http://comoclube.org/

Paulestinos

 

Duo artístico colaborativo, agregador cultural. O coletivo Paulestinos é formado por Átila Fragozo e Renoir Santos, artistas que resolveram unir linguagens artísticas e questionamentos filosóficos, para criar uma comunicação poética, de linguajar pop, com a cidade e seus cidadãos.

Paulestinos por quê?

Formado por dois nordestinos, baiano e pernambucano, que vivem em São Paulo, e criaram suas identidades no caldeirão caótico da cidade cinza. São ao mesmo tempo paulistas e nordestinos, mas acima de tudo, cidadãos com as antenas voltadas para o mundo e suas influências.

https://www.facebook.com/Paulestinos

 

 

Augusto Aneas

 

Arquiteto-urbanista-artista-humanista e também um otimista quanto à poesia da vida, das pessoas e do mundo.

Vive numa eterna tensão entre o sonho e a realidade dentro de um mundo transficcional.

Saiu do armário e descobriu que gosta do ativismo político urbano na busca por uma cidade-mundo melhor - sua missão-ambição secreta.

Fez o projeto arquitetônico para a Casa de Zuleika.

 

http://augustoaneas.blogspot.com.br/

 

 

Samuel Borges

 

Arte, pra começar meu raciocínio, não cabe nesta palavra. Fui levado a exercer a função de artista pela necessidade de expressar tudo aquilo que observo em mim, nas relações e no meio. Sou afetado pelos acontecimentos ao meu redor e busco afetar através da minha “arte”.
A imagem pode carregar muita coisa, mas minha principal intenção enquanto artista é depositar verdade em tudo aquilo que faço. A verdade existente em tudo aquilo que amo, admiro e até aquilo que reprovo.
Vivo às reticências das artes e dos fatos.

https://www.facebook.com/artefatoborges

 

Julio Dojcsar

 

Grafiteiro e cenógrafo. Desenvolve seu trabalho com base em intervenções urbanas e seus desdobramentos em outras mídias (teatro, vídeo e instalações), buscando provocar o publico a responsabilizar-se com a obra de arte, evidenciando questões sobre a apropriação do que é público.

Integrante do coletivo casadalapa e Frente 3 de Fevereiro.

Concebeu e desenvolveu ao lado do estilista Jum Nakao a exposição  REVOLVER MON – Curitiba 2008, parceria vinda dos desfiles do estilista no  São Paulo Fashion Week.

É um dos fundadores do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos - diretor de arte por sete anos. Parceiro do grupo Pia Fraus desde 2009

Direção de arte do espetáculo Barafonda – Cia. São Jorge de Variedades.

https://www.flickr.com/search/?q=Julio%20Dojcsar

Achiles Luciano

 

 

Artista Visual desde 93.

Além de desenvolver trabalhos autorais atua em eventos culturais, corporativos, editoriais, publicitários em paralelo

aliado do coletivo casadalapa com vários projetos: Mixto-Quente, Enquadro l, Enquadro ll e também integrante do Coletivo DMV22 elaborando projetos como VRUM, VRUMvrumzinho, A cidade se Move e TREPP.

http://www.achilesluciano.com/

 

 

Rodrigo Munhoz//AMOR EXPERIMENTAL

 

Amor Experimental é uma iniciativa de Rodrigo Munhoz para operar sob a perspectiva da arte da performance.

As ações funcionam de maneira individual ou com colaboração de convidados. O enfoque se debruça sobre aquilo que implicam os modos e poéticas emergentes que transitam pela vida contemporânea.

Rodrigo estreou o programa SEGUNDA DA PERFORMANCE - artistas indisciplinares.

Um programa idealizado pela Casa de Zuleika e realizado em parceria com o Palacete Carmelita.

Confira aqui.

 

Jaqueline Vasconcellos

 

Artista cênica e especialista na arte ninja da articulação cultural. Tem poderes mágicos e, por conta das suas mágicas poções (e algum reconhecimento de talento) ganhou alguns prêmios formais como os Prêmio Iberescena: "Ayudas a la coproducción de espectáculos de teatro y danza iberoamericanos" e o Prêmio FUNARTE-PETROBRAS Klauss Vianna 2013. Mas, o que ela gosta mesmo é de estudar agrupamentos independentes na América Latina, o que atualmente faz em seu doutorado na ECA-USP. Como gosta de encontros, de vez em quando sai por aí arteando sobre corpo, mulher e violência na "Série Mais um Pornô: arte, ativismo e encontro". Sua maior obra é seu filho Diogo, que é uma criatura massa!

Participou da 2 edição do SEGUNDA DA PERFORMANCE - artistas indisciplinares.

http://jaquelinevasconcellos.blogspot.com.br/

 

Fernando Timba

Desenvolve trabalhos em video, unindo linguagens como recorte e ilustração e técnicas de videomapping. Suas obras e performances como "Ilusionismo" (Festival de Live Cinema 2009) e Caleidoscópias (Curta Galeria 2012) relacionam elementos do pré-cinema e novas tecnologias.

http://www.fernandotimba.com

Thais Taverna

 

Artista multimídia, cineasta, documentarista e fotógrafa. Tecnóloga em Audiovisual pela FMU-SP, possui diplomaturas em Direção de Fotografia para Cine e TV (Escuela Internacional de Cine y Televisión – EICTV, Cuba) e Cinema Documentário (Instituto del Cine de Madrid – Espanha).

Atua como diretora e diretora de fotografia em projetos de vídeo-instalação, videoarte, documentários, longa e curta-metragens, , programas de tv e filmes publicitários para web. Já realizou produções na Espanha, Cuba, Portugal, India e Brasil. Como fotógrafa desenvolve trabalhos dentro das artes visuais, abstraindo do cotidiano das ruas o olhar plástico e poético.

Fotografou INTENTOS ANTIMUSA na Casa "provisória" de Zuleika.

Também é proprietária do Espaço de Cultura Bela Vista, onde atua como gestora cultural situado em São Paulo.

http://ecbv.art.br/

 

 

 

Claudia Medeiros Cardoso 

Natural de São Paulo onde vive.

Estudou artes visuais na Hochschule für Künste Bremen, Alemanha com Arleen Schloss e Rolf Thiele.
Desde 11.11.2011 Vitrine 7* um Projeto-Espaço de Arte, situado em uma passagem pública em um edifício no centro de São Paulo.

http://www.vitrine-sete.blogspot.com

http://collective1.wordpress.com/c-v/

 

 

Rica Ramos

 

Artista Gráfico, Ilustrador, Desenhista, Grafiteiro Digital, Ilstrador Digital. Formado em Artes Plásticas na FAAP, ilustrador de jornais, livros e revistas.  

Criou a logo da Casa de Zuleika.

Agora trabalha em um processo aberto em shows de Jazz.

http://www.lighttool.org/

Jeferson Andrade

 

Artista e etc, que habita sofás, viaja por lugares que não existem e da banhos de amor. Radical livre para o trasclubcomoagente. A partir de 2012 inicia a ocupação do apartamento de um vizinho esquizofrênico desaparecido em 2007 para estruturação da ocupação como atividade poética. Vive e trabalha em qualquer lugar.

http://cargocollective.com/jefersonandrade

Lia Jupter

 

Transita no campo das artes performáticas, cênicas e escrita. Atualmente em pesquisa de Corpos Dialéticos, um projeto envolvendo artes cênicas, performance e circo, e que tem como frentes a não dicotomização corpo-mente, a desconstrução fabular e o estudo de gênero. 

Crê na inexplicabilidade da vida e na religião do riso.

http://contemporaryperformance.org/profile/LiaJupter

Neca Zarvos

 

Atriz e dançarina com pendores filosóficos, divide suas atividades entre o trabalho como professora de Danceability, improvisação vocal e o trabalho criativo em teatro e performance, em sua maior parte autoral e bastante físico.

Colabora criativamente com Estela Lapponi no Intento Antimusa, e se sente finalmente em casa na Casa de Zuleika.

www.nucleodancaaberta.com

www.teatrodotempo.com

André Medeiros Martins

 

Formou-se ator, fez peças na faculdade, fez peças para a família ver, fez experimentos undergrounds, festas infantis, intervenções em formaturas. Durante anos ganhou dinheiro como drag-queen. Foi dirigido por Renata Zhaneta que era do Folias, por Estela Lapponi que era do Núcleo Bartolomeu, por Tania Granussi que passou pelo Ágora, mas nunca trabalhou com nenhum destes grupos. Foi indicado por prêmios como ator de teatro infantil (FEMSA) mas nunca ganhou. No espetáculo de circo-teatro ele faz o palhaço. Em paralelo, trabalhou com nudez e pornografia no projeto Flexões - um estudo sobre sexualidade plural. Lançou um livro com suas fotografias, mas não é um fotógrafo. André nasceu no dia primeiro de abril e não tem compromisso nenhum com a verdade.

Andreflexoes.tumblr.com

Klaus Kühn

 

Artista que explora a performance na busca de uma nova estética teatral tanto no corpo quanto na encenação e dramaturgia. Idealizador do projeto “You don´t Nomi”. Uma espécie de musical off-Broadway que presta uma homenagem ao artista alemão Klaus Nomi - ícone pop e underground dos anos 80. Atuou no grupo CIT Arte Livre, peça “Isadora Duncan” em Vigo - Espanha. Ingressou no CPT/SESC – Centro de Pesquisa Teatral, coordenado pelo diretor Antunes Filho - 2010 onde se especializou em interpretação, dramaturgia e direção. 

EmFoco Grupo de Teatro

 

Criado em 2009 e sediado em Fortaleza - CE, o grupo pesquisa a utilização de espaços não convencionais estabelecendo a arte relacional e a performatividade. Esta escolha se dá por um pensamento político de ocupação da cidade, descentralização e dessacralização da arte.

Em fevereiro de 2015 a grupo esteve em cartaz na CASA DE ZULEIKA com a peça Jardim das Espécies.

Direção: Eduardo Bruno

Atrizes: Georgia Dielle, Lyvia Marianne e Marie Aupi

 

Palacete Carmelita

 

Criado por Rebecca Carratu e Ila Girotto o Palacete Carmelita é um espaço para arte e cultura, em um imóvel de 1912 com 400 m2 divididos em ambientes internos e externos, localizado no centro de São Paulo, próximo a Estação da Luz e das famosas ruas de comércio popular, 25 de Março e Santa Efigênia.

Objetivo

Ampliar a manifestação artística sem barreias sociais ou culturais, criando assim um intercâmbio de idéias e intervenções entre artistas de diversos segmentos.

https://www.facebook.com/7palacetecarmelita

 

 

Alexandre D'Angeli

 

Graduado em Artes Cênicas, Alexandre D’Angeli é performer, ator e bonequeiro. Estudou Mímica Corporal Dramática e Acrobacia Teatral pela Ecole International de Mime Corporel Gestuel Dramatique de Paris, sob orientação do mestre Ivan Bacciocchi. Interessa-se especialmente pelas linguagens mais diretamente relacionadas ao corpo, e que operam no cruzamento entre a performance e o teatro. É fundador e diretor artístico do ânima Dois. Recentemente em Portugal, realizou no Maus Hábitos – Espaços de Intervenção Artistica, na cidade do Porto a performance Resíduo, ação que integrou o Projeto Performance em Encontro do Sesc Campinas em maio de 2015.

Participa da 5 edição do programa SEGUNDA DA PERFORMANCE - artistas indisciplinares.

http://cargocollective.com/alexandredangeli

 

 

  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Clean
  • Flickr Clean